Servidores realizam ato na Alerj contra cortes do Estado

491
Créditos: Marcus Galiña / ANF

Milhares de servidores do Estado do Rio de Janeiro foram às ruas hoje (16) para protestar contra o pacote de medidas de austeridade anunciado pelo governador Luiz Fernando Pezão no último dia 4. Durante o protesto, a grade que foi colocada em torno do Palácio Tiradentes foi derrubada. Houve confusão. Policiais reprimiram os manifestantes com bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta. A Tropa de Choque e o caveirão do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) também foram acionados.

Colaborador da ANF é detido em protesto contra PEC 55

Assista ao vídeo exclusivo da Agência de Notícias das Favelas, que registra ataques a bomba da Polícia Militar durante o protesto.

Mesmo com a manifestação que acontecia na rua, a sessão de votação das medidas teve início no começo da tarde na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O pacote de restrições inclui foi anunciado cortes de secretaria, fim de programas sociais, como o Renda Melhor, Aluguel Social e dos restaurantes populares, e afeta diretamente o funcionalismo público.