Greve geral mobiliza trabalhadores no Rio

361
Créditos: Reprodução Internet

A paralisação de 24 horas convocada por centrais sindicais de todo o país contra as Reformas da Previdência e Trabalhista mobiliza trabalhadores em todo o país. 24 Estados e o Distrito Federal registram eventos até a manhã desta sexta-feira. Estradas, pontes, estações de trem, metrô, barcas e aeroportos de diversas cidades, como São Paulo, foram bloqueadas pelos grevistas.

No Rio, Avenida Brasil, Linha Vermelha Via Dutra e Ponte-Rio Niterói, principais rotas de acesso de trabalhadores ao centro da cidade, foram fechadas. Escolas públicas e particulares não tiveram atividades. Agências bancárias de toda a cidade também estão fechadas. A paralisação de ônibus na cidade é parcial. Na Zona Norte e em diversas favelas da cidade, o comércio funciona normalmente, apesar da menor circulação de pessoas nas ruas.

Desde o início da manhã, há registros de confrontos entre manifestantes e forças de repressão do Estado no entorno da Rodoviária Novo Rio e no Aeroporto Santos Dumont.  A Estação das Barcas em Niterói foi também bloqueada e houve empurra-empurra entre usuários e grevistas. Parte da Rua Pinheiro Machado está interditada por conta de um protesto em frente ao Palácio Guanabara.

Manifestações e atos estão programados para o fim da tarde de hoje na Cinelândia e Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Reforma Trabalhista: veja como votaram os deputados do Rio