Vila Operária recebe encontro de arte urbana

876
Créditos: Clarissa Pivetta

No próximo domingo (11), a Vila Operária, comunidade em Duque de Caxias, é a sede do Meeting Of Favela. O MOF, como é mais conhecido, chega ao seu décimo ano como um dos maiores encontros de arte urbana do mundo. Além de ter o grafite como foco, o evento reúne ainda b-boys, MCs, DJs, bandas, skatistas, atores de teatro e circo, videomakers e fotógrafos.

 

Crédito: Clarissa Pivetta
Crédito: Clarissa Pivetta

 

Criado em 2006, o MOF surgiu após a realização do evento internacional Meeting of Styles – MOS, que só permitia a participação de artistas convidados, deixando muitos artistas fora do evento. Para este ano, as paredes da Vila Operária, uma das favelas mais pobres e violentas do Estado vão ser grafitadas por artistas internacionais como o idealizador do Meeting of Styles Manuel Gerulis (Alemanha), Chiara Frei (Espanha), Sebastian Schmidt / Still Same RZM (Alemanha), o grupo 12 Brillos Crew (Chile) e os brasileiros Marcelo Ment e Bruno Big. A presença da fotógrafa nova-iorquina Martha Cooper, que documentou o início da cena do grafite e da cultura Hip-Hop em Nova York nos anos 1970 e 1980, também é um dos destaques da ação.

Os grafiteiros interessados em participar do Meeting of Favela devem fazer um cadastro gratuito na página do MOF no Facebook.

 

Serviço:
Meeting of Favela – MOF
Data: 11 de dezembro, às 10h
Endereço: Vila Operária, Duque de Caxias
Entrada franca.