VI Conferência do Funk: MCs, DJs e barbeiros ocupam MAR

259
Deize Tigrona é uma das participantes dos debates da VI Conferência do Funk, que acontece no MAR. (Créditos: Divulgação)

O funk invade o Museu de Arte do Rio – MAR nos dias 31 de agosto e 01 de setembro. O centro cultural é o palco da VI do Conferência Funk, uma parceria entre MAR e Rio Parada Funk. O evento é gratuito e promove bate-papos com pensadores e personalidades do gênero musical nascido nas favelas.

Debates e palestras simultâneas fazem parte da VI Conferência do Funk, que faz parte da programação do Rio Parada Funk e discute em cinco mesas simultâneas temáticas sociais, culturais e artísticas do funk, além de estratégias para o movimento com o objetivo de desmitificar e propagar a cultura no país.

Na mesa de abertura 150: A Batalha do BPM e Funk, no dia 31, DJs como Byano (Baile da Chatuba) e Renan da Penha (Baile da Gaiola) discutem os embates entre funk e BPM, a batida acelerada que toma conta dos setlists dos bailes mais bombados das favelas e periferias do Rio. Funk e gênero é o tema da mesa FUNKEIRXS, o Mundo Funk por Elxs, que reúne funkeiras como Deise Tigrona e a DJ Iasmin Turbininha.

Relíquias do funk, os MCs Leonardo e Smith, os DJs Marlboro e Sanny e o compositor Praga dividem a mesa de debate Criminalização do Funk com o delegado Orlando Zaccone. Um olhar cultural sobre o gênero é também o tema do debate Funk, Arte e Cultura Além do Ritmo, que reúne artista e fotógrafos. Uma mesa sobre as origens do passinho também está na programação.

A VI Conferência do Funk realiza ainda no pilotis do Museu de Arte do Rio o Pré Esquenta dos Barbeiros para a Batalha do Jaca no dia 31, encontro organizado pela Batalha de Barbeiros Brasil que oferece cortes no estilo clássico da barbearia de favela no Pilotis do Mar, e uma apresentação de passinho no dia 01.

Veja abaixo a programação completa.

 

31 de agosto
16h às 18h – Debate 150: A BATALHA DO BPM
Convidados: Dj Byano – Dj residente do Baile da Chatuba; Dj Batutinha – Produtor Musical; Dj Polyvox – Dj e produtor adepto do 150 bpm; Dj Cabide – Dj campeão da Batalha do MPC; Dj Renan da Penha – Dj residente do Baile da Gaiola; Denis Novaes – Pesquisador do Funk Carioca

16h às 18h (Pilotis) – BARBEIROS – Pré Esquenta dos Barbeiros para a Batalha do Jaca

18h às 20h – Debate FUNKEIRXS, o mundo funk por elxs
Convidados: Deise Tigrona – Mc e compositora da Cidade de Deus; Iasmin Turbininha – Dj revelação 2017, sucesso no Youtube; Renata Prado – Dançarina, pesquisadora, apresentadora, produtora da festa Batekoo e Diretora da Frente Nacional de Mulheres no Funk; Mariana Wender – Pesquisadora na Empresa My Pussy é o Poder

 

01 de setembro
16h às 18h – Debate Criminalização do Funk
Convidados: Mc Leonardo – Mc da Rocinha; Mc Smith – Mc do Complexo do Alemão; Orlando Zaccone – Delegado da Policia Civil e Doutor em Ciência Política; Dj Marlboro – Dj renomado; Praga – Compositor do Caneta de Ouro; Dj Sanny – Dj com mais de 20 anos de carreira

16h – Mesa: A Origem do Passinho – Principais Bondes

18h – Encontro de Passinho, no Pilotis

18h às 20h – Debate Funk, arte e cultura além do Ritmo
Convidados: Vag DoNasc – Artista Plástico e Curador da Exposição Memória do Funk; Carlos Palombini – Musicólogo e professor da UFMG; Maria Buzanovsky – Fotógrafa; Dani Dacorso – Fotógrafa; Bruna Camargos – Educadora de projetos da Escola do Olhar.

Serviço:
Vi Conferência do Funk
Data: 31 de agosto e 01 de setembro, sempre a partir das 16h
Endereço: Museu de Arte do Rio – MAR (Praça Mauá, 5, Centro, Rio de Janeiro – RJ)
Entrada franca.

Compartilhar
Artigo anteriorAs verdades de Quaquá
Próximo artigoSoluções para a cidade
Jornalista, fotógrafa, especialista em Jornalismo Cultural pela UERJ, editora do portal da Agência de Notícias das Favelas e do Jornal A Voz da Favela.