Teleférico do Alemão é suspenso por seis meses

1134
telefericoalemao_AndreFernandes_26-05
Funcionamento do Teléferico do Alemão está suspenso (Créditos: André Fernandes / ANF)

 

O dia de ontem foi de notícias ruins para os moradores do Complexo do Alemão. Além de um intenso tiroteio e uma maior repressão policial em diversas regiões da favela, o serviço do Teleférico acaba de ser suspenso para manutenção pelo Governo do Estado. O serviço deve ser paralisado por seis meses.

A Secretaria de Estado de Transportes informou que o desgaste de um dos cabos de tração, detectado durante vistoria preventiva, vai causar, pelo menos, um semestre de paralisação no Teleférico do Alemão. O Consórcio Rio Teleféricos, que faz a gestão do serviço, já foi acionado. O longo tempo de suspensão no serviço se deve ao minucioso processo de fabricação do material, que é feito sob medida no exterior. A resolução já foi publicada no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.

O Teleférico do Alemão foi inaugurado em 2011 e conta com seis estações: Bonsucesso, Adeus, Baiana, Alemão, Itararé e Palmeiras. O serviço foi operado pela Supervia durante cinco anos, mas passou para as mãos do Consórcio Rio Teleféricos há seis meses. O serviço chegou a atender 9 mil pessoas por dia e bateu R$2 milhões de transbordos só no primeiro ano de funcionamento. Com o aumento da violência na região, o serviço vinha sendo interrompido constantemente.