Teatro Ziembinski apresenta espetáculo sobre funk na Tijuca

788
Divulgação

A juventude funkeira do subúrbio é o centro do espetáculo “ArRUAça”, que chega no Teatro Ziembinski na Tijuca nessa quinta-feira (23). A peça celebra o corpo, a herança dos batuques da senzala e a fruição da vida rueira em meio a uma saga por visibilidade dentro do quadro cultural da cidade do Rio de Janeiro.

“ArRUAça” traz para o palco uma mistura do funk e a tradição dos bate-bolas, culturas com grande força de mobilização nas favelas e, ao mesmo tempo, marginalizadas no asfalto. A diretora e intérprete Mayara de Assis, que sobe ao palco ao lado de Flaviano Rodrigues e Frederick Assis, explica as dificuldades para realizar o espetáculo e levá-lo ao palco do espaço:

– Estamos indo para um teatro municipal. Depois de lançar na rua, nas lonas e arenas, nós vamos pisar em um dos grandes palcos da cidade. Foi muito difícil colocar um trabalho como este para o mundo, ainda mais se tratando de uma intervenção no “imaculado” espaço acadêmico. Levar corpos pretos de dançarinos de baile funk foi como borrar este espaço com o saber das ruas.

 

Serviço:
Espetáculo ArRUAça
Data: 23 de fevereiro, às 19h
Endereço: Teatro Ziembinski (Rua Heitor Beltrão, s/n – Tijuca)
Classificação: Livre
Ingresso: R$20 (inteira); R$10 (meia)