Senhor, abençõe esta bagunça!

352
Créditos: Reprodução Internet

Ah, o Carnaval, esse maravilhoso aplicativo viralizado!
Essa pausa libertária em meio a um cotidiano cada vez mais fascista!
A força social do desejo de desbunde:
o Golpe é que deveria durar apenas 4 dias!
Ainda tô no espírito carnavalesco. Cada frase é uma fantasia, autônoma como um integrante da Beija-Flor!
É a primeira vez que vejo um inquilino não entregar a chave ao proprietário!
Carnaval parece efêmero, mas é viga mestra de nosso edifício existencial.
Mais Bloco. Menos Concreto.

“Bumbum paticumbum prugurundum” é o melhor verso de todos os carnavais.
E agora? Só nos resta aguentar este pateticamente realista intervalo entre-carnavais?!
Fantasiar é dar mais diversidade a nossa figura visível, sempre tão monocórdia.
“Sou o filho esquecido do mundo”, da Imperatriz Leopoldinense, foi o lamento mais lindo do ano. “Jamais se curvar”; “lutar e aprender”.
Até os feridos nós cobrimos com purpurina e cor.
Portela finalizou sua travessia do deserto e se farta com água. Vencer é o oásis de quem luta.
O apartheid que nos compõe será sempre visivel, será sempre flagrado, em cada instante.
G.R.E.S. Unidos do Cata-Troço pra Improvisar Fantasia.
Carnaval: Freud expira.
Um dia, bloco; um dia, cama; um dia bloco, um dia cama; um dia bloco, um dia cama; um dia bloco, um dia cama; um dia bloco… #carnavelho
Eis o primeiro Carnaval da Era Temer. Espero que seja o único. #tudointerligado

Pretinho da Serrinha concorrendo a Glória Pires dos Comentaristas de Carnaval.
Melhor ser esquerda-festiva que reaça-contra-festivo!
Queria mesmo era umas câmeras mais audazes filmando na Sapucaí!
Mandei uma indireta. O cara vestiu a carapuça… E foi pra folia!
Sonhei que o Perlingeiro anunciava, constrangido, que, na verdade, a Portela ficou em segundo! Trocaram os envelopes! #portelalaland
Carnaval tinha que durar 10% do ano! No mínimo!
Em São Paulo, mudou de nome. Agora, é Quarta-feira de Dórias.
Carnaval é um recreio de 6 minutos na ininterrupta sociedadescola.

Créditos: Reprodução Internet
Créditos: Reprodução Internet

Mas o que é a Sapucaí senão uma imensa alegoria de nossa despencante sociedade?!
“Rapaz, a solução era botar purpurina…”
Se o Temer cair depois do Carnaval, teremos um novo Carnaval!

O Governo Temer é um carro alegórico todo estropiado. A grande mídia é um jurado que olha e diz: “Dez! Nota Dez!”.

E não esqueça: segunda-feira é o Re-Reveillon! Feliz ano novo adiantado, pessoal! Faltam pouco mais de 300 dias para o próximo Carnaval!