Rock in Rio: Bloom facilita experiência em eventos ao vivo

170

bloom

Bloom, plataforma digital para eventos ao vivo, estará no Rock in Rio com uma de suas aplicações, um sistema inteligente de agendamento para brinquedos

A expectativa da organização é diminuir o tempo de espera de cada atração para, em média, 20 minutos

O público que visitar o Rock in Rio nesta edição contará com um aliado na fila dos brinquedos, um sistema inteligente de agendamentos que permitirá que as pessoas percam menos tempo e aproveitem mais o festival como um todo. É que a startup brasileira Bloom desenvolveu nos últimos dois anos uma plataforma digital para revolucionar o jeito como as pessoas curtem, consomem e compartilham suas experiências em eventos ao vivo. E esse sistema ganhará espaço no maior festival de música e entretenimento do mundo. Mais diversão e menos filas será o lema da vez.

A plataforma usa a tecnologia para integrar o universo digital com lugares e eventos, tornando as experiências ao vivo ainda mais inesquecíveis para organizadores, marcas e público. “O Bloom traz um conjunto de soluções integradas para atender aos desafios dos principais públicos envolvidos nos eventos ao vivo. A plataforma ajuda organizadores a serem mais inovadores e eficazes, marcas patrocinadoras a serem mais relevantes e usuários a aproveitarem mais as experiências”, afirma a empresária e sócia do Bloom, Isabelle Perelmuter.

No Rock in Rio a plataforma estará presente com uma de suas aplicações, um sistema inteligente de agendamento de atrações para a montanha russa, roda gigante, tirolesa e o x-treme. O agendamento será feito por meio do aplicativo do Bloom, eliminando o sistema antigo de espera.

“Bloom é um novo jeito de se conectar para que você possa ter as vantagens do digital sem interromper a sua experiência ao vivo. É exatamente dentro desse conceito que estaremos no Rock in Rio. Com o sistema de agendamento dos brinquedos as pessoas poderão brincar e aproveitar cada segundo do festival”, conta Edson Pavoni, CEO do Bloom.

Com a ação, a expectativa da organização é diminuir o tempo de espera de cada atração para, em média, 20 minutos.

“Um dos objetivos do Rock in Rio este ano é dar um show de atendimento. E a organização vem fazendo diversas melhorias com este foco na Cidade do Rock. Economizar tempo na fila nos brinquedos significa sobrar mais horas para aproveitar as diversas atrações que o evento oferece”, afirma Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio.

Agilize seu cadastro e viva essa experiência

Os interessados nos brinquedos do Rock in Rio já podem baixar o aplicativo e agilizar seu cadastro no Bloom: http://www.bloom.im/rockinrio/. No evento, é só ir até a montanha russa, roda gigante, tirolesa ou x-treme e aproximar o smartphone de uma das Blooms Stations, que o agendamento será feito instantaneamente. O Bloom App está disponível para iPhones 4S+ (iOS 7.0+) e aparelhos com sistema operacional Android 4.3+. Se o celular do usuário roda em outro sistema ou se ele preferir, é possível, durante o evento, retirar uma pulseira que interage com a Bloom Station nas estações de agendamento em frente aos brinquedos. Para isso, será necessário apresentar o número do CPF (para estrangeiros, o número do passaporte).  Essa opção também pode ser solicitada caso acabe a bateria do celular.

O Bloom reserva o horário na atração para que o usuário possa aproveitar o festival e retornar no horário agendado. Haverá 10 minutos de tolerância em caso de atraso. Se o usuário ultrapassar esse limite será necessário refazer o agendamento.

Também é possível fechar turmas de até 16 pessoas na mesma atração. O grupo que quer brincar precisa estar reunido para o agendamento, pois todos devem passar o smartphone (ou uma pulseira) em uma das Bloom Stations.

Como o aplicativo é integrado com a rede social do usuário, o Bloom identifica os cantores e bandas que a pessoa curte no Facebook e cruza as informações com o line-up do Rock in Rio. Assim, o sistema irá procurar um horário na atração que não coincida com os shows desejados. Todas as interações do usuário com os brinquedos da Cidade do Rock estarão disponíveis em uma timeline pós-evento (http://www.bloom.im/eufui/).

“Quem faz o download do aplicativo tem vantagem, já que vai direto para o agendamento e elimina a etapa de cadastro e retirada da pulseira. Isso pode fazer a diferença em brinquedos mais disputados, como a tirolesa”, comenta Edson.

Quer saber mais sobre o Bloom no Rock in Rio? Acesse: http://www.bloom.im/rockinrio/.