Quase metade dos deputados do Rio votam a favor de Temer

1181
Créditos: Wilson Dias / Agência Brasil

20 dos 44 deputados federais do Rio de Janeiro presentes na Câmara hoje rejeitaram a denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) contra Michel Temer por corrupção passiva e organização criminosa. Temer só poderá ser julgado pelos crimes após o fim do mandato.

43 parlamentares fluminenses votaram hoje para decidir se o processo contra Temer poderia ser enviado para o Supremo Tribunal Federal (STF) ainda durante seu mandato – o presidente Rodrigo Maia estava na casa, mas não possui poder de voto. Os 20 deputados, filiados aos partidos PR, PMDB, SD, PTB, PTN, DEM, PP, PRB e PEN, seguiram a orientação do relator Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) e votaram pelo arquivamento. Agora, o processo só volta correr em 2019.

Na última denúncia entregue pelo agora ex-procudorador-geral Rodrigo Janot durante o exercício de seu mandato, Michel Temer é acusado de corrupção passiva no caso da mala de dinheiro entregue pela JBS ao ex-assessor do presidente Rodrigo Rocha Loures (PMDB). Os R$ 500 mil da mala seriam destinados ao pagamento de propina a Temer.

 

Confira como os deputados federais do Rio de Janeiro votaram.

SIM (Pelo arquivamento da denúncia)
Alexandre Valle (PR)
Altineu Côrtes (PMDB)
Aureo (SD)
Celso Jacob (PMDB)
Cristiane Brasil (PTB)
Ezequiel Teixeira (PTN)
Francisco Floriano (DEM)
Julio Lopes (PP)
Leonardo Picciani (PMDB)
Marcelo Delaroli (PR)
Marco Antônio Cabral (PMDB)
Marcos Soares (DEM)
Paulo Feijó (PR)
Pedro Paulo (PMDB)
Roberto Sales (PRB)
Rosangela Gomes (PRB)
Simão Sessim (PP)
Soraya Santos (PMDB)
Walney Rocha (PEN)
Zé Augusto Nalin (PMDB)

NÃO (Pelo arquivamento da denúncia)
Alessandro Molon (REDE)
Arolde de Oliveira (PSC)
Benedita da Silva (PT)
Cabo Daciolo (PTdoB)
Celso Pansera (PMDB)
Chico Alencar (PSOL)
Chico D’angelo (PT)
Deley (PTB)
Felipe Bornier (PROS)
Glauber Braga (PSOL)
Hugo Leal (PSB)
Jair Bolsonaro (PSC)
Jandira Feghali (PCdoB)
Jean Wyllys (PSOL)
Laura Carneiro (PMDB)
Luiz Carlos Ramos (PTN)
Luiz Sérgio (PT)
Marcelo Matos (PHS)
Miro Teixeira (REDE)
Otavio Leite (PSDB)
Sergio Zveiter (PMDB)
Sóstenes Cavalcante (DEM)
Wadih Damous (PT)

AUSENTES
Alexandre Serfiotis (PMDB)
Dejorge Patrício (PRB)
Rodrigo Maia (DEM) – Não vota por ser presidente da casa