Operação na Providência assusta moradores

339

Moradores do Morro da Providência e arredores relatam mais um dia de terror provocado por uma operação da Polícia Militar, que teve início às 20h da noite de ontem, 25.
Moradores acordaram na manhã desta sexta-feira ao som de granadas e mais tiros. As escolas da região estão fechadas e o Túnel João Ricardo, próximo a Central do Brasil, encontra-se interditado.

Há denúncias de revista a residência de moradores sem que estejam sendo apresentados mandados de busca. As revistas estão acontecendo mesmo sem a presença do proprietário no imóvel.
– Foi de manhã bem cedo. Quando olhei, a polícia já estava dentro da minha casa. O detalhe é que minha porta tava trancada e ninguém bateu antes. Me fizeram perguntas de quantas pessoas moravam comigo e a nossa ocupação. Entraram em todos os cômodos e foram embora, conta um morador que preferiu não se identificar.

Em nota, a assessoria de imprensa da PM informa “que não recebeu denúncias sobre este fato e que procedimentos considerados inadequados devem ser formalizadas junto à Corporação para que seja feita a apuração dos fatos”.

Leia também as impressões da colaboradora e moradora do Morro da Providência, Karine Ferreira, sobre como tem sido esses dias: http://www.anf.org.br/violencia-no-morro-da-providencia-ate-quando/