Niterói recebe 11ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos

1024
Filme "Do que aprendi com minhas mais velhas" mostra a importância da convivência entre os mais velhos e mais novos no contexto do candomblé. (Créditos: Divulgação)

Acontece em Niterói, de 30 de Agosto a 1 de Setembro, a 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos. Com entrada gratuita todos os dias, o Teatro Municipal João Caetano e o Espaço Cultural Correios Niterói exibem filmes nacionais que dialogam com a temática dos direitos humanos, além de atividades diversas, como oficinas, debates, peça teatral e contação de histórias. A mostra é apresentada em todas as capitais do país, e possui mais de mil pontos de exibição em cidades brasileiras.

No primeiro dia, as temáticas da identidade de gênero e diversidade sexual são abordadas no Municipal, com a exibição do documentário Meu nome é Jacque, que mostra os desafios e conquistas da militante transativista Jaqueline Cortês. Na quinta-feira, os curtas Hora do lanchêêê e Imagine uma menina com cabelos de Brasil trazem para discussão os temas do direito à alimentação e do racismo na sociedade. Já na sexta-feira, as questões da religiosidade e da luta indígena são o tema principal.

Entre os oito filmes exibidos, o destaque fica para Cartão Vermelho, de Laís Bodanzky, curta que recebeu 10 prêmios no Brasil e no exterior, e é parte da programação do último dia do festival. A mostra também recebe a peça Anjo azul acerca de tudo sobre as dificuldades de uma criança autista e sua família.

 

Serviço:
11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos
Data: De 30 de agosto a 01 de setembro
Endereço: Teatro Municipal João Caetano (Rua 15 de Novembro, 35, Centro, Niterói – RJ); Espaço Cultural Correios Niterói (Avenida Visconde de Rio Branco, 481, Centro, Niterói – RJ)
Entrada franca mediante entrega de 1kg de alimento não perecível.