João Donato, batalha de rap e funk esquentam Festival de Cultura Comunitária

38

Na segunda noite do Encontro Latino-americano de Comunicação Comunitária, o Festival de Cultura Comunitária levou uma intensa programação multicultural para o Teatro Popular Oscar Niemeyer. Cinema, fotografia, poesia e música ocuparam toda a casa, que recebeu, entre diversas atrações, shows de João Donato e dos MCs Galo, Junior e Leonardo na última sexta-feira, 07.

A festa começou na área externa do teatro, com a exibição do documentário A Batalha do Passinho, de Emílio Domingos, 2013. A fachada ganhou também a projeção de fotos de uma exposição digital, com imagens que retratam um olhar diferenciado sobre as ruas e comunidades, com seus muros grafitados e personagens. Os fotógrafos, como Diego Tavares, Bárbara Marreiros, Thiago Ripper e Gy Mamuska, foram selecionados através de convocação para o evento em redes sociais.

Palco para poetisas e MC’s, o foyer recebeu as batalhas de rap do Slam das Minas e da Batalha das Musas. Com um público entusiasmado e muita torcida, poetisas e rimadoras se revezaram em rounds e colocaram na roda feminismo e preconceito racial. A grande vencedora da noite foi a rapper Aika Cortez.

O show de João Donato foi o ponto alto da noite e trouxe clássicos da música brasileira, como “Bananeira” e “Emoriô”. A apresentação teve participação de Flávio Renegado e Doralyce. “A música é um ato de resistência. Libertem Rafael Braga”, pediu Doralyce, sob as palmas da plateia. Fechando a noite, o funk da antiga dominou a cena no Baile do Cuca, com performances dos MCs Galo, Júnior e Leonardo, esquentando a pista até a madrugada.