Google lança ferramenta de vídeos 360º feitos em favelas

362
Créditos: Reprodução internet

 

Em paralelo aos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Google acaba de lançar Além do Mapa (Beyond The Map). A ferramenta interativa promove um tour virtal através de vídeo em 360° pelos becos e ruas estreitas de comunidades como o Morro de São Carlos, Complexo do Alemão e Maré. Com o objetivo de mostrar um pouco mais de perto áreas menos valorizadas do Rio de Janeiro e atenuar o fato de que apenas 0,001% das favelas brasileiras são mapeadas na ferramenta de pesquisa e visualização de mapas Google Maps, Além do Mapa pode ser encontrada em português e inglês e faz parte do Google Arts & Culture.

 

 

A ferramenta traz não apenas o acervo de vídeos feitos através de mototáxis, mas ainda fotos panorâmicas e imagens históricas. Também é possível conhecer de perto a história de alguns moradores, como foi o caso de Paloma Calado, moradora da Maré e estudante de Ciência da Computação da UFRJ. “De início, eu não sabia a proporção que isso poderia tomar, mas foi fantástico. Eu enfatizei muito para eles que a minha luta, minha militância era para mostrar a outra face da favela e não essa que a mídia já tinha estabelecido, que era a de violência, pobreza, miséria. Tem essa parte sim, mas existe uma outra face também”.

Sobre a importância do projeto do Google em relação aos territórios suburbanos, Paloma destaca: “É uma maneira de sermos inseridos no mapa. Pode soar estranho, mas é como se nós não existíssemos mesmo. Por exemplo, quando procuro o endereço daqui e de alguma outra comunidade e dá como inexistente porque nós não estamos no mapa. Nós fazemos parte da cidade, mas não fazíamos totalmente. Essa iniciativa dos vídeos em 360° não é novidade para a cidade, mas para a favela é um tabu a ser quebrado. Fomos inseridos, pelo menos, tecnologicamente na cidade”, resume.

Acompanhe abaixo a história de Paloma e de outros moradores.