Forças militares patrulham o entorno do Chapadão

655
Créditos: Cleber Araújo / ANF

Mais uma vez fazendo uso do dispositivo constitucional GLO (Garantia de Lei e da Ordem), o Governo Federal mandou hoje às ruas do Rio soldados das Forças Armadas. Estão previstos pelo menos 8.500 soldados nas ruas até o fim do ano, numa das ações mais longas de uso das forças militares na função de polícia. Uma edição extraordinária do Diário Oficial foi publicada com o decreto presidencial assinado por Michel Temer.

Várias vias de circulação foram ocupadas pelos soldados ao longo do dia, em particular Avenida Brasil e Arco Metropolitano. No início desta noite, muitos soldados faziam patrulha ao redor do Complexo do Chapadão, com uso de jipes e blindados. Segundo relatos, a Linha Vermelha também foi ocupada.

As favelas do Chapadão estiverem presentes nos noticiários nas últimas semanas por serem consideradas pontos de partida das quadrilhas de roubo de cargas na Região Metropolitana do Rio. A pressão, principalmente dos empresários do comércio no Rio de Janeiro, foi responsável pela ampliação das tropas militares.