Filhos de ambulantes ganham espaço de acolhimento no carnaval

464
Créditos: Reprodução internet

Para os pais ou responsáveis que estiverem trabalhando no comércio ambulante durante o carnaval e quiserem deixar seus filhos em um lugar seguro, o Juizado da Infância, Juventude e Idoso e a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos criaram o Proteja Rio – Espaço Temporário de Convivência. O serviço funciona 24 horas por dia durante todo o carnaval no Educandário Romão de Mattos Duarte, no Flamengo.

Os pais ou responsáveis podem deixar crianças de 0 a 11 anos sob os cuidados de educadores. O espaço planeja oferecer atividades, alimentação e dormitórios. O horário para a retirada da criança é restrito entre 8 e 17 horas. Existe a possibilidade de deixá-la para pernoitar no espaço.

Equipes de abordagem da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos vão atuar no Sambódromo e no entorno oferecendo o acolhimento para os trabalhadores informais.