Festival de Teatro agita Duque de Caxias a partir de hoje, 13

171
Cia de Arte Popular é uma das participantes do Festival Nacional de Teatro Duque de Caxias e será homenageada na edição desse ano. (Créditos: Reprodução Internet)

A partir desta segunda, Duque de Caxias recebe a 14ª edição de seu Festival Nacional de Teatro. Grupos de outros estados e também do Rio de Janeiro se apresentam em diversos palcos da cidade entre os dias 13 e 26 de novembro. As atividades são gratuitas e acontecem em espaços do Centro de Caxias e também em Imbariê.

O evento, que começou em 2003, é organizado pelo Centro de Pesquisas Teatrais de Duque de Caxias (CPTDC), fundado dez anos antes. O intuito da ação é promover a cena artística e cultural na região. Inicialmente, o festival era um evento regional, que logo virou estadual. A edição 2017 conta com apresentações de companhias da Paraíba, Amazonas e Paraná, além do Rio e Grande Rio.

Todo ano, o Festival Nacional de Teatro Duque de Caxias movimenta cerca de 15 mil espectadores e 300 profissionais de todo o Brasil. Ao longo das 13 últimas edições, o evento contemplou cerca de 130 mil espectadores em espetáculos para adultos e crianças, sempre com entrada gratuita. Esse ano, o festival homenageia a Cia. de Arte Popular, cria local.

Segundo o diretor e professor de teatro do CPTDC Guedes Ferraz, a meta é que o festival atenda a todo o município. Esse ano, três apresentações acontecem também no distrito de Imbariê, área distante do Centro. A ideia é ampliar mais o alcance do festival com apresentações, palestras e outras atividades, promovendo assim um intercâmbio cultural. “Na Baixada, tem uma galera grande trabalhando com a questão independente e de coletivo nas artes. Se for contar apenas com o poder público, a gente não trabalha. A coisa tem caminhado bem, mas é claro que ainda há lugares mais carentes quanto a essa questão”, explica.

24 espetáculos adultos e infantis serão apresentados em 14 dias. Atividades paralelas também acontecem em outros pontos da cidade. Ao todo, são três polos. O Teatro Municipal Armando Melo traz encontro de esquetes, roda de conversa sobre a importância da arte e palestra sobre o histórico do teatro. A Casa Brasil, de Imbariê, conta com três espetáculos: Novos Amigos, O Auto da Camisinha e A Cloaca. No principal espaço, o Teatro Municipal Raul Cortez, sobem ao palco os espetáculos concorrentes no festival.

 

Melhores peças serão premiadas

Além da extensa programação, todos os espetáculos participantes do 14ª Festival Nacional de Teatro Duque de Caxias concorrem a troféus. Eles disputam as categorias de melhor diretor, melhor ator, melhor atriz, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante, melhor figurino, melhor maquiagem, melhor cenografia, melhor iluminação e o Prêmio CPT de Dramaturgia. A premiação acontece no último dia do festival, 26, às 17h30, também no Teatro Raul Cortez.

Para mais informações e programação estão disponíveis na página do Facebook do festival.