Festival de cinema Visões Periféricas completa 10 anos

238
vozerio_divulgacao11
Créditos: Divulgação

 

Durante o mês de setembro, o Rio de Janeiro sedia o Visões Periféricas, principal espaço da cena audiovisual das periferias brasileiras. O festival leva mais de 60 filmes a cineclubes e ao Oi Futuro Ipanema até o próximo dia 12 e ao Centro Cultural da Justiça Federal de 23 a 25 de setembro. Os cineastas Silvio Tendler, Adélia Sampaio, Filó Filho e Sérgio Péo são os homenageados em 2016.

Em sua 10ª edição consecutiva, Visões Periféricas é hoje a principal vitrine do país para realizadores da cena experimental e alternativa. 63 produções, divididas em quatro mostras competitivas e duas mostras informativas (não competitivas), estão na programação. O festival recebeu 540 inscrições em 2016 nos mais variados formatos, plataformas e temáticas. “É sempre um desafio selecionar os filmes. A qualidade das produções tem crescido muito, assim como a diversidade de temas, linguagens e origem dos filmes – recebemos material do Brasil todo e isso é realmente fantástico”, afirma Emílio Domingos, que assina a curadoria desde 2013.

O público pode prestigiar o Festival Visões Periféricas também em cineclubes de zonas periféricas do Rio. Cine Costa Barros, Cine Oeste (Bangu), Cineclube Luiz Poeta (Engenho da Rainha) e Cine Atitude (Santa Marta) estão na lista dos 15 pontos de exibição do festival espalhados pela cidade. Confira a programação completa em http://www.imaginariodigital.org.br/.