Feira gera renda e oportunidades no Morro do Andaraí

254
Créditos: Rosangela Tertuliano / ANF

Uma recém-criada feirinha agita, durante dois sábados por mês, o Morro do Andaraí.  Na Feirinha do Andaraí Moda e Arte, expositores geram renda e trabalho, além de contarem com apresentações culturais de quadrilha e desfile de moda – tudo feito dentro da comunidade.

Cerca de 20 expositores fazem parte, no momento, da feirinha, que acontece nos dois primeiros sábados de cada mês. Todos são moradores do Morro do Andaraí e trazem para o espaço os produtos antes expostos em suas residências. A Feirinha do Andaraí Moda e Arte conta com o apoio do Polo de Desenvolvimento Cultural do Andaraí e da Associação dos Moradores e Amigos do Morro do Andaraí (Amama) e realiza as edições na Quadra do Cemasi.

 

A Feirinha do Andaraí Moda e Arte busca sempre trazer atrações culturais diferentes da região, como a Quadrilha Pode-C Show, que anima as noites com seus verdadeiros espetáculos de dança. A feira funciona também como uma vitrine para outros parceiros, como o Projeto Criolindas, que promove empoderamento e beleza em desfiles com os produtos vendidos na feira, e o grupo de pagode Raízes da Toca, que apresenta seu repertório de samba de raiz em todas as edições e já tem sido contratado para participar de outros eventos.

Em tempos de crise, um evento como esse é fundamental – que o diga a moradora Marilaine Guida Merchioro. Aos 37 anos, ela estava desempregada e viu no espaço a oportunidade para gerar uma renda extra:

– A feirinha traz oportunidades para que o morador conheça os expositores que vivem em nossa comunidade. Isso abriu as portas para vendas em domicílio e encomendas. Precisamos só que a comunidade participe mais, vindo nos prestigiar com sua presença – afirma ela, que vende acessórios, bolsas , chinelos e cintos em uma das bancas da feira.

Quero expor. Como faço?

Inscrições abertas pelo telefone (21) 98432-3705 ou pelo Facebook da feira: Mostra De Arte é moda Andarai

Publicado na edição de julho de 2017 do Jornal A Voz da Favela.