Escritor faz crowdfunding para lançar livro sobre racismo em viagens

172
13406928_10153681243915920_2794739400332462055_n
Marcos Lamourex. Créditos: Divulgação

 

Morador da cidade de São João de Meriti, o escritor Marcos Lamourex se prepara para lançar o seu segundo livro, intitulado de “O Viajante Negro”. A obra busca narrar as histórias sobre racismo e xenofobia passadas pelo autor em suas viagens pelo mundo. Para conseguir arrecadar verba para o lançamento, ele acaba de fazer uma campanha de financiamento coletivo. Os interessados podem apoiar o projeto até 25 de agosto na plataforma Catarse.

“Durante alguns anos, viajei de carona por toda a América do Sul e também conheci a Angola, os Estados Unidos e alguns países da Europa. Viajei por todo o país a trabalho e a lazer, conheci todo o tipo de gente e passei por muitas situações. Meu primeiro livro (‘Minha casa é Minha Mochila’), aborda algumas dessas viagens num contexto psicogeográfico e de literatura marginal.”, explica Marcos ao se referir à obra, que teve todas as suas tiragens esgotadas.

“O Viajante Negro” tem o objetivo de mostrar o aspecto político de suas viagens. “É mostrar o porquê de escolher ser um viajante e não um turista, o lado que lida com a cultura estrangeira e com preconceitos raciais e a xenofobia. Novamente transformei essas experiências em um livro, mas não apenas um livro de viagens. São relatos de viagens no contexto etnogeográfico”, complementa Lamourex.

Além de ajudar a financiar o lançamento do livro, parte do orçamento arrecadado vai ajudar o Santuário das Fadas, instituição que resgata e oferece lar permanente para animais de diversas espécies vítimas de situações de abandono, negligência, exploração, abuso e tráfico.