Em noite de homenagem, Babilônia exibe Orfeu Negro

1398
Créditos: Reprodução da internet

No próximo sábado, 08, o Babilônia Black aporta no Morro da Babilônia, Zona Sul do Rio. O evento, que promove a valorização da cultura afro, homenageia a lendária atriz Léa Garcia e exibe o longa Orfeu Negro (1959), rodado na favela há quase 60 anos. Um debate e uma festa também estão na programação.

Com produção francesa e direção de Marcel Camus, Orfeu Negro é baseado na peça Orfeu da Conceição, de Vinicius de Moraes, e é vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. O filme foi inteiramente rodado no Rio de Janeiro e com elenco brasileiro. O Morro da Babilônia é o cenário de boa parte das cenas.

Léa Garcia nos bastidores das filmagens de "Orfeu Negro" no Morro da Babilônia (Créditos: Reprodução Internet)
Léa Garcia durante as filmagens de “Orfeu Negro” no Morro da Babilônia (Créditos: Reprodução Internet)

Léa Garcia, que interpretou a personagem Serafina no filme, é a homenageada da noite por sua contribuição histórica para o morro. Ela participa de uma roda de conversa com a secretária municipal de cultura Nilcemar Nogueira e a professora e membro da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN) Alessandra Pio. A jornalista e moradora da Babilônia Camilla Pellegrini media o encontro.

Depois da exibição do filme e do debate, a festa segue noite a dentro com muita black music com os DJs Cavera, Gudã, Mestre LP e Jeni Class.

 

Serviço:
Babilônia Black Conta Orfeu
Data: 08 de abril, às 17h
Endereço: Quadra do Chapéu Mangueira (Ladeira Ary Barroso, 66 – Leme)
Entrada franca.