Eduardo Cunha é preso em Brasília

677
Créditos: Agência Brasil

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB) foi preso na tarde desta quarta-feira (19), em Brasília (DF). A prisão preventiva foi decretada pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, e é parte das ações da Operação Lava Jato. Cunha é réu em três processos.

Acusado de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e falsidade ideológica, Eduardo Cunha nega todas as acusações. Além da prisão, Cunha teve seus bens bloqueados. Por possuir conta bancária no exterior e dupla nacionalidade, a justiça entendeu que haveria possibilidade de fuga do réu, o que agilizou a detenção.

Em nota oficial, o ex-deputado, cassado pela Câmara em setembro, demonstrou surpresa: ”Trata-se de uma decisão absurda, sem nenhuma motivação e utilizando-se dos argumentos de uma ação cautelar extinta pelo Supremo Tribunal Federal. Meus advogados tomarão as medidas cabíveis para enfrentar essa absurda decisão”.