Diversidade cultural anima o dia das crianças no MAR

185
Créditos: Divulgação

O Museu de Arte do Rio celebra o Dia das Crianças com muita arte, cultura e diversão. Com atividades que dialogam com a exposição Dja Guata Porã I Rio de Janeiro Indígena, o museu se transforma em um território aberto à imaginação, à cultura do brincar e à experiência dos sentidos, por meio de práticas como contação de histórias, oficinas, pintura corporal, música e feira de artesanato. As atividades acontecem entre 10h e 18h e o MAR terá entrada gratuita.

Às 11h, o poeta e professor Dauá, da etnia Puri, conta a história de seu povo e sua cosmogonia através da relação com a natureza e os animais, tecendo narrativas com lendas, fábulas, música e poesia. Entre 11h e 12h30, também acontece uma estação sonora, voltada para crianças de seis meses a seis anos, com os índios Potyra Krĩkati e José Urutau Guajajara, que incentivam a experimentação por meio de instrumentos e materiais do cotidiano do povo Tenetehara, conhecido pela literatura como Wazaizara (Guajajara), e Krĩkati, povos Timbira.

Depois da pausa para o almoço, a partir das 14h as atividades são retomadas nos pilotis do museu. Até as 17h, a estação será de pintura corporal, comandada por Pacarí Pataxó e José Urutau Guajajara. Das 14h às 16h30, acontece a oficina de bonecos maroti e teatro de bonecos, com Carmel Puri, que ensina a construir os brinquedos com materiais recicláveis, aventurando-se nas dimensões do imaginário por meio da criação de roteiros e teatro.
Entre 15h e 16h, a contação de história será multiétnica, reunindo Carol Potiguara, Aline Puri e Arassari Pataxó para mostrar que muitas visões de mundo podem caber em um mundo só.

Às 15h, acontece uma oficina de aromaterapia que potencializará a experiência olfativa das crianças, com Niara do Sol. Finalizando a programação, às 17h será realizada uma rodinha de maracá multiétnica, celebrando o Dia das Crianças e evocando o espírito da animação e da alegria.

Ao longo de todo o dia acontece uma feira de artesanato indígena voltada para o universo infantil. O visitante também poderá aproveitar a gratuidade para visitar as exposições em cartaz: Dja Guata Porã I Rio de Janeiro Indígena, Feito poeira ao vento I Fotografia na coleção MAR e Programa Sala de Encontro I Dentro.

Confira a programação completa:
11h – Contação de história, com Dauá Puri: Tecendo narrativas com lendas, fábulas, música e poesia, o poeta e professor Dauá da etnia Puri, conta a história de seu povo e sua cosmogonia através da relação com a natureza e os animais.

11h as 12h30 – Estação sonora para crianças pequenas, com Potyra Krĩkati e José Urutau Guajajara: Experimentação da linguagem sonora através de instrumentos e materiais do cotidiano do povo Tenetehara, conhecido pela literatura como Wazaizara (Guajajara), e Krĩkati, povos Timbira. A atividade é voltada para crianças de 6 meses a 06 anos de idade.

14h as 17h – Estação de pintura corporal, com Pacarí Pataxó e José Urutau Guajajara: Das cores e texturas naturais a arte surge como expressão da vida, o corpo é o seu lugar, onde habitam os códigos e os grafismos indígenas. Venha pintar e ser pintado com os elementos da natureza.

14h as 16h30 – Oficina de bonecos maroti e teatro de bonecos, com Carmel Puri: Nesta oficina as crianças aprendem a construir bonecos com materiais recicláveis, aventurando-se nas dimensões do imaginário através da criação de roteiros e do teatro.

15h as 16h – Contação de história multiétnica, com Carol Potiguara, Aline Puri e Arassari Pataxó: Muitas visões de mundo podem caber num mundo só, contar histórias é aprender e compartilhar. Carol Potiguara e Arassari Pataxó contam histórias indígenas e dos encantados da floresta.

15h – Oficina de Aromaterapia para Crianças, com Niara do Sol: Vamos criar cores e aromas potencializando a experiência olfativa, explorando novas combinações e usos dos elementos naturais com técnicas de massagens, exercícios de respiração e práticas de aplicação com óleos essenciais.

17h – Rodinha de Maracá Multiétnica: Para finalizar as atividades do dia, a roda de maracá multiétnica celebra o dia das crianças evocando o espírito da animação e da alegria com ritmo, canto e dança.

10h as 18h – Feira de artesanato indígena: Ao longo de todo o dia, os pilotis do museu recebem a feira de artesanato indígena, voltada para o universo infantil.

Serviço:
Dia das Crianças no MAR
Data: 12 de outubro, de 10h às 17h
Endereço: Museu de Arte do Rio – MAR (Praça Mauá, 5, Centro, Rio de Janeiro – RJ)
Entrada franca.