Debate discute legado dos Jogos Olímpicos 2016

222
A medalhista Rafaela Silva, um dos destaques dos Jogos Rio 2016. (Créditos: David Ramos / Getty Images)

Na véspera do primeiro aniversário da abertura da Rio 2016, representantes da sociedade civil, especialistas e autoridades nacionais e internacionais se reúnem para discutir o legado dos Jogos Olímpicos no Debate Rio 2016+1: Onde estamos e para onde vamos?. O encontro acontece a partir das 18h30 de sexta-feira, 04, no Centro Carioca de Design.

Quatro mesas de discussão fazem parte da programação. Dentre os convidados, marcam presença Stephan Gortz (Agência Alemã de Cooperação Internacional/ GIZ), William de Oliveira (Rede Esporte pela Mudança Social/ REMS) e Susanne Gaerte (Federação Alemã dos Esportes Olímpicos/ DOSB), para falar sobre o “Esporte como ferramenta para transformação social”. A jornalista Flávia Oliveira (Jornal O Globo / Globonews) media debate sobre o legado dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Marilene de Paula (Fundação Heinrich Böll Brasil) e um representante do Governo do Estado discutem o tema “Megaeventos e Meio Ambiente”. Renato Cymbalista (FAU/ USP) e Paula Camargo (Centro Carioca de Design/ Prefeitura do Rio) estão escalados para a rodada de conversa “Desenvolvimento Urbano e Cidade Olímpica”.

Na plateia, presença confirmada da velejadora Isabel Swan, bronze em Pequim 2008 (primeira medalha olímpica da vela feminina do Brasil), que foi atrapalhada pelo lixo flutuante nas provas da Rio 2016. O evento é aberto à imprensa e ao público, que poderá participar com perguntas e intervenções.

Serviço:
Debate Rio 2016+1: Onde estamos e para onde vamos?
Data: 04 de agosto, a partir das 18h30
Endereço: Centro Carioca de Design (Praça Tiradentes, 48, Centro, Rio de Janeiro – RJ)
Entrada franca.