Coletivos da Providência realizam cortejo cultural neste sábado

425
Créditos: Divulgação

O ditado ‘a união faz a força’ está sendo levado ao pé da letra por produtores culturais dos morros da Providência e do Pinto. Procurando fortalecer seus projetos, eles lançam no próximo dia 28 a nova fase do Projeto Entre o Céu e a Favela, que unificará as ações já existentes. A iniciativa foi idealizada Cintia Sant’Anna e Monica Saturnino, moradoras da Providência e produtoras culturais. O Entre o Céu e a Favela conta com o patrocínio da Light e da Secretaria de Estado de Cultura, através do Edital Favela Criativa.

O cortejo cultural é a forma que os produtores culturais encontraram para mostrar ao morro as ações que desenvolvem e fortalecer os coletivos locais. A concentração será na Epicentral (Ladeira do Farias, 88), às 16h. O evento marca também o lançamento do Portal Entre o Céu e a Favela, que pretende unir diversos projetos locais. “O importante é deixar claro nossa dificuldade de fazer cultura na favela onde moramos, já que estamos em um momento muito delicado”, explica Cintia.

O website do Entre o Céu e a Favela vai divulgar projetos de arte, cultura e desenvolvimento social realizados nos morros da Providência e do Pinto. Também existe a intenção de oferecer suporte aos pequenos empreendedores locais, que sofrem com a burocracia para alavancar seus negócios. “A ideia é fortalecer a criação de uma rede”, afirma. Segundo a sócia da Colombina Realizações, o diferencial do projeto é ter nascido na favela e ser destinado a quem já produz cultura ali. “O Entre o Céu e a Favela vai direto ao ponto quando o assunto é entender o que a favela e seus produtores culturais realmente precisam”, finaliza.

Serviço:
Cortejo cultural no Morro da Providência – Entre o Céu e a Favela
Data: 28 de janeiro, às 16h.
Trajeto: Epicentral (Ladeira do Farias, 88) – Ladeira do Barroso – Praça Américo Brum – Teleférico da Providência – Ladeira do Farias – Quadra da Brinks (em frente ao Epicentral)