Circulando: cultura, mobilidade e sustentabilidade no Alemão

345
Edição anterior do Circulando na favela. (Créditos: Divulgação)

No sábado, 09, a partir das 10 h, rola mais uma edição do Circulando – Diálogo e Comunicação na Favela. A edição “Rolébilidade” chega para abrir uma debate social sobre o direito à cidade e mobilidade urbana para todos os cidadãos, e já tem lugar escolhido: a sede do Instituto Raízes em Movimento, que realiza o evento há dez anos. A iniciativa reúne artistas e produtores culturais da favela na produção e nas atividades culturais.

A programação intensa dura o sábado inteiro, com shows do Mc Fael Tujaviu, do Malícia Urbana Crew e do rapper LDolla, apresentação da peça Vamos Verdejar, idealizada pelo Ponto de Cultura Luiz Poeta e organizada pela ONG Verdejar – Socioambiental, além da exibição dos filmes Trajetos, produzido pelo Canal Plá (Nova Iguaçu), Quando você chegou meu santo já estava, feito pela turma do Projeto Faveladoc, e outros curtas-documentários.

Créditos: Divulgação
Créditos: Divulgação

Uma roda de conversa às 10h abre as atividades com os parceiros da Casa Fluminense para apresentação dos trabalhos realizados na área de mobilidade e planejamento urbano na Região Metropolitana do Rio. Ainda estão programadas uma performance dos Poetas Favelados e uma edição do Slam Laje.

 

Além das atividades culturais, rola uma feira com alimentos orgânicos e produtos vegetarianos, com o objetivo de promover uma discussão sobre alimentação saudável para a mente e o corpo. O I Festival Leopoldina Orgânica, que tem como meta divulgar a vida cultural das favelas e periferias com atividades agroecológicas e a apresentação de temas socioambientais, também se une ao evento com ações de tratamento de resíduos e produção de alimentos.

 

Serviço:
Circulando – Edição Rolébilidade
Data: 09 de dezembro, a partir das 10 h
Endereço: Instituto Raízes em Movimento (Avenida Central, 68, Complexo do Alemão, Rio de Janeiro – RJ)
Entrada franca.