Centro Cultural Poeta Deley de Acari: arte, cultura e educação na favela

1251
ccpd1
Espaço multiuso no CCPD de Acari

 

Funkeiros, artistas e militantes: todo mundo se encontra no Centro Cultural Poeta Deley de Acari (CCPD). A antiga sede de um Destacamento de Policiamento Ostensivo da Polícia Militar, cedido há cinco anos pela Secretaria de Segurança para a Associação de Moradores, hoje respira arte e educação com atividades culturais que movimentam a favela.

O CCPD abriga festas, saraus e cineclubes, como o encontro de poesia Cachasarau. As atividades são comandadas por agitadores culturais locais, como o próprio Deley de Acari, Pingo do Rap, Wesley ”Delírio Black”, Mano Teko e MC Liano, que já desenvolviam ações em outros locais da favela e trouxeram suas ideias para revitalizar a área.

Também ocupam o CCPD as marcas de roupas Faveleira e Qrespo. Nascidas ali, ambas mantêm uma confecção fabril e produzem outras atividades. Uma delas é o Cine Faveleira, dedicado às crianças, e a Noite Faveleira, festa voltada para os ritmos do reggae, rap e funk. Parte da manutenção do espaço é custeada com o Faveleira Sound System, equipamento de som que pode ser alugado para outros eventos.

 

Inspiração para moradores

Com tantas atividades, outros jovens de Acari começaram a frequentar e se apropriar do centro cultural. Lennon Lins e Jefferson “Jeff”tomaram a iniciativa e articularam o pré-vestibular do CCPD. As aulas são gratuitas acontecem de segunda a sábado. As inscrições também são gratuitas. “É um desafio para todo mundo, mas os professores nos ajudam bastante. Estamos empenhados para que esse projeto se mantenha por muito tempo ainda”, diz Erika Oliveira, 24 anos, aluna do curso.

 

Serviço:

Centro Cultural Poeta Deley de Acari

Rua Pereira da Silva 44, Acari

E-mail:ccpdacari@gmail.com

 

Publicado na edição de Julho de 2016 do jornal A Voz da Favela