Casa Brota: o primeiro espaço de trabalho coletivo do Alemão

765
Andressa Venâncio, Sabrina Martina e Thamyra Thâmara fazem parte da Casa Brota. (Créditos: Fabio Silva / ANF)

Localizada em uma das casas mais antigas do morro e com uma vista privilegiada para a cidade do Rio de Janeiro, a Casa Brota é o primeiro espaço de coworking do Complexo do Alemão. Inaugurada com o objetivo de fortalecer o empreendedorismo de favela e conectar as redes de fazedores locais, a iniciativa já conta com seis projetos de diferentes comunidades.

Tendência nos grandes centros urbanos, coworking é uma expressão em inglês utilizada para se referir, de maneira geral, a um espaço comum de trabalho entre pessoas que compartilham de um mesmo interesse. “A galera de favela já faz muita coisa, mas falta se conectar, criar escambo de serviço entre nós e incentivar essa troca”, explica Thamyra Thâmara, moradora do Alemão, membro do coletivo GatoMídia e uma das idealizadoras da Casa.

Inspirada na lógica do “puxadinho”, a Casa Brota conta com a participação de projetos da área de comunicação, cultura e entretenimento das favelas do Complexo do Alemão, Maré, Cidade de Deus, Cantagalo e Engenho da Rainha. O empreendimento social busca oferecer serviço de consultoria e pensar a comunicação e a divulgação de empreendimentos dentro da favela, além de dividir conhecimento com moradores que desejem empreender. “Queremos organizar oficinas e encontros com empreendedores locais de sucesso, essa galera que faz empreendedorismo na raça e não é considerada pelos grandes centros”, explica Thamyra.

A poetisa e documentarista Sabrina Martina, de 18 anos, é a integrante mais jovem da Casa e está animada para aprender com os outros projetos que fazem parte da iniciativa. “Aqui na Brota, a gente faz de tudo um pouco. Esperamos trazer mais atividades para cá”, conta. Para ela, a cooperação é fundamental para as favelas: “É difícil, mas aqui a gente tem a filosofia de sempre fortalecer um ao outro”.

Atualmente, fazem parte da Casa Brota os projetos AmareVê, Berro Inc, Boca de Favela, Favelê, GatoMídia, Magano e Sonata.

 

Para entrar em contato

A iniciativa fica na Rua Ary Barroso, 17, Complexo do Alemão. Interessados podem entrar em contato pelo e-mail falecom@casabrota.com.br.

Publicado na edição de Janeiro de 2017 do Jornal A Voz da Favela.