Cartola e Dona Zica viram samba da Unidos do Jacarezinho

694
Cartola e Dona Zica em foto que virou capa do disco "Cartola II", lançado em 1976. (Créditos: Reprodução Internet)

Com o enredo “O Cântico do Poeta pelo Amor de Euzébia”, a G.R.E.S. Unidos do Jacarezinho homenageia em 2018 Cartola e Dona Zica, o casal que fez história no samba e na Mangueira. O samba-enredo vai ser apresentado à comunidade com festa na quadra em 02 de outubro.

Cartola, um dos maiores gênios da música brasileira, e Dona Zica viveram uma história de amor de quase três décadas e ficaram juntos até a morte dele em 1980. Figura carismática do mundo do samba, Dona Zica foi a responsável por trazê-lo de volta para o gênero e para o Morro da Mangueira no início dos anos 1960, quando o samba foi redescoberto pela juventude da Bossa Nova. Entre as muitas parcerias, eles criaram juntos em 1964 o Zicartola, um restaurante que virou ponto de encontro de intelectuais e amantes do samba no Centro do Rio. Agora, o casal é homenageado pela escola do Jacarezinho.

Para o ano que vem, a a Tricolor Suburbana inovou e mudou o esquema para a criação da música que vai embalar o carnaval da favela. No lugar da tradicional disputa de samba-enredo, a Unidos do Jacarezinho reuniu compositores da escola para compor a obra. O samba foi gravado pelo intérprete Ailton Santos, que também fez parte da composição ao lado de Gilson Bernini, Rodi, Macambira e Mauro de Paula.

Na festa do dia 02, além da apresentação oficial do samba-enredo 2018, a escola também dá início ao concurso da ala dos compositores, que vai escolher seu samba-exaltação, além de apresentar uma mostra dos figurinos criados pelo carnavalesco Eduardo Gonçalves.

 

Conheça o samba-enredo da Unidos de Jacarezinho 2018
O Cântico do Poeta pelo Amor de Euzébia
Compositores: Gilson Bernini, Rodi, Macambira, Mauro de Paula e Ailton Santos

Bate outra vez a inspiração do criador
No jardim das emoções as rosas exalam
O perfume do amor que foi chegando assim
A poesia semeou a esperança
Encontro marcado, destino traçado
Nos tempos de criança

Sentimento em Verde e Rosa floresceu
O Poeta reencontra sua flor
O enlace da paixão aconteceu
No Zicartola o sonho se realizou

O tempo foi trazendo mais encanto
Cumplicidade no olhar quanta emoção
Alvorada lá no morro
Oh que beleza, acalentando corações
Se o Mundo é um moinho
Preste atenção antes da hora da partida
Amar! Viver! Sonhar!
É o sentido dessa vida

Meu Jacarezinho chegou
Ecoa um canto de felicidade
Hoje a semente do amor se espalhou
Entre becos e vielas da minha comunidade