Bairro da Paz também é cultura

1267

É com imensa satisfação que registro minha primeira publicação na Agência de Notícias das Favelas.

Quero nesse momento iniciar falando do Bairro da Paz, pois é através dele que estou tendo a oportunidade de escrever nessa conceituada plataforma da Agência de Notícias das Favelas. E o Bairro da Paz, que é uma das favelas mais conhecidas e vitimizadas do nosso país, e que formou diversos cidadãos, assim como esse que vos escreve, formou na empatia, mobilização social, militância pela busca dos direitos, com inúmeras provocações, sem comodismo, e também sem se vitimizar, afinal a resiliência é uma característica presente em nós moradores da periferia, que somos violentados a todo momento, por uma parte da sociedade que vive sempre estereotipando seus habitantes, sem falar no descaso dos gestores.

Foto: André Fernandes

Visita de André Fernandes- Fundador da ANF.
      Visão panorâmica do Bairro da Paz

Bairro da Paz, para quem não conhece, fica situado na Avenida paralela, numa das áreas mais nobre de Salvador – Ba.

Em 1982 o terreno foi ocupado por mais de mil famílias,  originalmente chamada de Invasão das Malvinas devido que no mesmo período existia um conflito de território entre a Argentina e a Grâ- Bretanha. No inicio os moradores sofreram para se consolidarem no local, numa disputa acirrada com o governo, sendo por diversas vezes agredidos por policiais, tendo suas casas derrubadas e muitos foram expulsos do terreno, retornando em seguida.

Aproximadamente nos anos 90, o bairro já estava muito mais populoso e com isso as demandas foram revindicadas aos gestores públicos, desde saneamento básico até serviços de telefonia, saúde, educação, e diante deste cenário algumas instituições locais juntas com os moradores se reúnem para em comum acordo decidirem sobre o nome que seria formalizado ao bairro,  então um plebiscito foi organizado e como resultado dessa mobilização, o que antes era conhecida como a invasão das Malvinas torna-se a partir de 1992 Bairro da Paz.  É meu bairro, não como posse, mais como de direito, também é minha escola, pois sempre serviu e serve de base para minhas produções sociais, culturais e artísticas, despertando interesses de visitantes que ficam deslumbrados ao se depararem com a riqueza politica social dos moradores, tendo a mobilização, como uma das suas ferramentas para garantia dos direitos fundamentais para qualquer ser humano: moradia, saúde, educação, emprego, lazer, cultura.

Ao longo dos seus mais de 30 anos o Bairro da Paz vêm ganhando notoriedade não apenas em Salvador, como também em outras cidades e outros estados, tornando-se uma das favelas mais reconhecidas pela sua característica de luta, onde diversos grupos locais desenvolvem atividades de cunho social que visam contribuir para a melhora da auto estima do seus moradores, sendo na cultura, geração de emprego e renda, religião, ações de pessoas e grupos que a todo momento valorizam o bem comum, o interesse coletivo, dando destaque a sua história e origem, a exemplo do núcleo de comunicação Bairro da Paz News  formado por jovens comunicadores comunitários que utilizam suas habilidades de comunicação para dar visibilidade a toda articulação que o bairro dentro, junto com outros bairros de Salvador.

Como fruto desse processo de mobilização, o Bairro da Paz mais uma vez é presenteado com a presença de André Fernandes, fundador da Agência de Notícias das Favelas, que em visita ao bairro junto com representantes do núcleo de comunicação,  percebeu um pouco da logística e dinâmica do bairro, e ao final dessa visita surge o convite para que sejamos parceiros da ANF, sendo essa parceria consolidada e formalizada através da minha pessoa.

A seguir veja fotos dessa visita no dia 13 de junho de 2016.

Foto: André Fernandes

IMG-20160613-WA0029IMG-20160613-WA0027 IMG-20160613-WA0025 IMG-20160613-WA0023 IMG-20160613-WA0021IMG-20160613-WA0022, ass

André Fernandes, Paulo de Almeida e André Leandro no tour pelo Bairro da Paz.

Nas próximas postagens irei relatar mais sobre as atividades que são desenvolvidas no bairro, bem como os serviços que dispomos, os pontos turísticos, as personalidades locais, enfim, ao longo da construção, estaremos fazendo publicações periódicas sobre o Bairro da Paz, Salvador.

Agradeço a Deus pela oportunidade de viver. “Deus usa os loucos pra confundir os sábios!”.

 

Compartilhar
Artigo anteriorANF lança curso inédito para formar agentes comunitários de comunicação
Próximo artigoCurso de Agentes Comunitários de Comunicação - Lista de aprovados
Formação Acadêmica Jornalista/ Assessor de comunicação- FTC Faculdade de Tecnologia e Ciências DRT 4130 Ba. Mestrando em Gestão da Educação, Tecnologias e Redes Sociais. (UNEB) Integrante do Grupo de Pesquisa TIPEMSE-Tecnologias e Inovações Pedagógicas e Mobilização social pela Educação (UNEB). Integrante do Grupo de Pesquisa CRIAATIVOS GEDH- Gestão em Educação e Direitos Humanos (UNEB). Profissional Gerente de Comunicação e Marketing na Empresa Só Motos- A sua proteção. Mobilizador social Vice coordenador do Conselho de Moradores do Bairro da Paz (voluntário) Diretor de Comunicação do Instituto Apompaz (voluntário) Assessor de comunicação da UNJEPAZ (voluntário) Membro do Núcleo de Comunicação Bairro da Paz News (voluntário) Correspondente da Agência de Notícias das Favelas- ANF Salvador.