Apesar da crise, ONG do PPG abre exposição em Copacabana

244
Créditos: Edson Landim

A Galeria de Arte Solar promove, a partir desta quarta-feira, a exposição Digitais. A iniciativa é da ONG Solar Meninos de Luz, que atua nas favelas do Pavão-Pavãozinho e Cantagalo. A mostra conta com peças de arte produzidas através do meio digital, como documentos eletrônicos codificados em dígitos binários e acessados por meio de sistemas computacionais.

Com coordenação de Osvaldo Carvalho e participação dos artistas Dalton Romão, Edson Landim, Ricardo Bhering e Sonia Gil, Digitais compartilha experiências pessoais de maneira colaborativa. A exposição se inspira no universo urbano, onde é possível enxergar a cidade contemporânea e sua pluralidade de percepções. As peças buscam instigar o olhar, estimular o pensamento e transpassar linguagens a cada um dos visitantes.

 

Persistência mesmo com a crise

Digitais é realizada pelo Solar Meninos de Luz em um momento de muita dificuldade. A organização, que há 33 anos promove educação integral, cultura, esportes, apoio à profissionalização, cuidados básicos de saúde e de assistência social no Pavão-Pavãozinho e Cantagalo. O Solar Meninos de Luz atende a 400 crianças e enfrenta dificuldades financeiras em um ano de grande crise para todos os projetos sociais do Rio de Janeiro.

A crise atropelou a organização sem fins lucrativos, que perdeu investidores sociais no início do ano e acumula um déficit mensal de R$ 100 mil por mês, o que dificulta o pagamento dos funcionários, a maioria professores. No mês passado, mais de 200 alunos, pais e professores do projeto foram para as ruas de Ipanema para chamar a atenção para a situação do Solar Meninos de Luz e arrecadar colaborações.

 

Serviço:
Exposição Digitais
Data: De 14 de setembro a 28 de outubro (segunda-feira a sexta-feira, de 09 h às 18 h; sábados, de 09 h às 13 h)
Endereço: Galeria de Arte Solar – Rua Saint Roman, 146, Copacabana – Rio de Janeiro, RJ
Entrada franca.