ANF abre vagas para pré-vestibular comunitário

453
Segunda reunião de voluntários na FAC, que vai sediar as aulas a partir de agosto. (Créditos: Divulgação)

Estão abertas até 31 de julho as inscrições para o Pré-Vest Curso Popular, que oferece 25 vagas para moradores de favelas e periferias do Rio de Janeiro. A iniciativa é realizada pela Agência de Notícias das Favelas e professores voluntários em parceria com a FAC – Fábrica de Arte e Cidadania. As aulas começam em 07 de agosto, e os candidatos podem se inscrever pela internet.

Com objetivo de contribuir para o ingresso dos mais pobres nas universidades, o Pré-Vest Curso Popular é gratuito e estruturado para preparar o candidato para as provas dos vestibulares e do Exame Nacional do Ensino Médio, compensando as deficiências da educação pública. “A ideia nasceu ao perceber que alguns moradores das favelas queriam fazer um curso pré-vestibular para ter acesso à universidade, porém, não existem tantos”, explica André Fernandes, fundador e diretor da Agência de Notícias das Favelas e também idealizador do projeto.

Todo o processo está sendo desenvolvido e ministrado por uma equipe de voluntários. 40 professores das áreas de Humanas e Exatas vão oferecer aulas de segunda à quinta-feira, das 18h às 22h, na FAC, galpão criado pelo grafiteiro Fabio Ema na Lapa. Renata Seade, de 25 anos, aguarda ansiosa para começar os trabalhos. Recém-formada em Geografia – Licenciatura e perto de finalizar graduação na mesma área, ela conheceu o projeto pelas redes sociais através de um amigo:

– Os pré-vestibulares populares cumprem uma dupla função: promover o acesso à universidade e desenvolver uma educação crítica. Para mim, estar nesse projeto é um grande desafio que faz parte do caminho que escolhi traçar como educadora. É uma luta diária por uma educação verdadeiramente democrática, afirma.

Essa é a primeira vez que a Agência de Notícias das Favelas realiza um projeto de educação voltado para o acesso à universidade. A metodologia do Pré-Vest Curso Popular inclui desde a leitura das publicações produzidas pelos 300 colaboradores da organização e a publicação de textos no portal e no Jornal A Voz da Favela, assinados por alunos e professores. “Queremos acompanhar esses alunos, não só para ingressarem na universidade, mas durante ela. Dar ferramentas para os moradores das favelas escreverem suas próprias histórias com um futuro promissor: essa é a nossa missão”, finaliza André Fernandes.

 

Processo seletivo

Os candidatos interessados em uma vaga no Pré-Vest Curso Popular devem ser moradores de favelas e preencher o formulário de inscrição on-line. Os inscritos serão convocados por e-mail para o processo seletivo, que inclui reunião sobre o funcionamento do curso e entrevista.

Compartilhar
Artigo anteriorBrizola na cabeça!
Próximo artigoO êxodo
Jornalista, fotógrafa, especialista em Jornalismo Cultural pela UERJ, editora do portal da Agência de Notícias das Favelas e do Jornal A Voz da Favela.