Agenda Cultural Mandela Vive tem três dias de intensa programação cultural em novembro

341

Calendário que tem apoio da Fiocruz terá seu ápice com resgate do show do Juvenal, II Mostra Cultural de Manguinhos e Baile Literário em Manguinhos

agenda mandela

A Agenda Cultural Mandela Vive, iniciativa desenvolvida pelo Ecomuseu de Manguinhos, Rede CAPP, Centro Afrocarioca de Cinema Zózimo Bulbul e Rede Manguinhos Tem Cultura, com apoio da Fiocruz, prepara três dias de apresentações artísticas, exposições e show de calouros nos dias 26, 27 e 28 de novembro. O calendário de atividades teve início em junho com o seminário ‘Literatura no Dente – Favelofagia e outras poéticas políticas’, que ocupou auditórios da UERJ durante três dias, e foi lançada oficialmente em 29 de setembro com o seminário ‘Literatura ao Pé do Ouvido’, sobre literatura e acessibilidade, no Museu da Vida da Fiocruz.

O primeiro dia da Agenda, quinta-feira 26, será marcado pelo resgate do show de calouros, conhecido como Show do Juvenal, que acontecia em Manguinhos entre as décadas de 50 e 60 com cobertura da Rádio Nacional. Na sexta, a 2ª Mostra Cultural de Manguinhos trará apresentações que mesclam samba e teatro, com a roda do Samba de Benfica e convidados, e uma peça sobre o Nelson Mandela. Toda a programação acontece em frente à Biblioteca Parque de Manguinhos, na Zona Norte do Rio.

O Baile Literário (28) vai ser o desfecho da programação, com apresentações que vão fundir o funk à literatura. Haverá atrações de hip hop e discotecagem com panorama histórico do funk desde as raízes norte-americanas ao batidão carioca, coletivos de artes plásticas do território de Manguinhos, sarau poético com espetáculo de luz e som, e o lançamento dos livros do Bando Editorial Favelofágico – editora sem fins lucrativos que conduziu a Residência Literária da Agenda com autores de periferias da cidade em Manguinhos entre julho e setembro deste ano.

Entre as publicações estão dois livros, um reúne peças do dramaturgo de Manguinhos, Geraldo de Andrade, seguidor de Luiz Mendonça na seara do Teatro de Favela e o outro, um livro de contos, fruto da residência literária. Segundo o coordenador do Ecomuseu, Felipe Eugênio, o objetivo da Agenda é estimular uma produção artística, com ênfase na literatura, de contestação dos modelos hegemônicos a partir do olhar e vivência de segmentos da população que normalmente são representados, e não encontram espaço para se auto-representarem.

“Nosso objetivo é estimular a produção artística que enfrente e se posicione diante das iniquidades que existem na cidade e que reconheça que o sujeito de transformação dessa realidade vem justamente dos espaços mais empobrecidos”, explicou Felipe.

A Agenda Cultural Mandela Vive foi viabilizada a partir da Lei de Incentivo à Cultura do Município do Rio de Janeiro e conta com patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro, Fiotec, e empresa 2 Alianças Logísticas.

Agenda Cultural Mandela Vive

Local: Praça em frente à Biblioteca Parque de Manguinhos (Av. Dom Helder Câmara, antiga Av. Suburbana, nº 1.184)

Referências: Próximo à UPA Manguinhos, Colégio Estadual Luiza Carlos da Vila, Casa do Trabalhador Manguinhos, Centro de Referência da Juventude Manguinhos, Casa da Mulher de Manguinhos.

Linhas de ônibus:

312 (Olaria x Candelária), 313 (Penha x Candelária), 621 (Penha x Saens Pena), 622 (Penha x Saens Pena), 350 (Passeio x Irajá), 711 (Rio Comprido x Rocha Miranda), 629 (Saens Pena x Irajá), 296 (Irajá x Castelo), 298 (Acari x Castelo), 624(Praça da Bandeira x Mariópolis), 634 (Bananal x Saens Pena), 630 (Iapi da Penha x Saens Pena), 680 (Iapi da Penha x Méier).

Página da Agenda Cultural Mandela Vive no Facebook: https://www.facebook.com/agendaculturalmandelavive/
Evento da Agenda Cultural Mandela: https://www.facebook.com/events/1746777775550022/
Teaser da Agenda Cultural Mandela Vive: https://www.youtube.com/watch?v=hTTeMGyEo9I