A inação de uma Nação

138

Culpam-se aqueles que acham que as piores dores são traição e morte. Discordo porque penso que a pior dor que o ser humano pode sentir é a inação. Explico-me: relativo à morte pouco podemos fazer, não temos o poder sobre ela, somente Deus sabe até quando viveremos. A despeito da traição ela só ocorre porque prevaricamos no relacionamento. E quem sai perdendo na fornalha da vaidade é o traidor. No que se refere a inação esta sim é uma dor lenta, que corrói o ser humano. Só em imaginar não ter forças para agir, ficar sem ânimo para nada já me machuca. Uns levam para a questão espiritual, outros para o lugar comum da mera preguiça.

E porque eu estou dizendo essas coisas? Digo porque me incomoda muito ouvir a palavra crise como se fosse o fim do mundo. Crise em si não pode nos abater. Se levarmos para este caminho não seremos uma nação, mas uma inação frustrada, mal amada e mórbida.

E se você quiser mesmo falar em crise, passe alguns anos de sua vida com a polícia invadindo sua casa, viva sobre o intenso tiroteio de uma favela, espere pelos governantes para construírem creches para seus filhos, viva com o mísero salário mínimo, encare trem lotado todos os dias, aí sim poderemos falar sobre a alta do dólar ou sobre o ajuste fiscal. Que tal?

12021825_927992737238756_1720119466_n