13 fatos até aqui

491
Créditos: Reprodução Internet

Chegamos na primeira sexta-feira 13 do ano, um dia que tem uma mística diferente. Para alguns, é sinônimo de azar; para outros, sorte. Gatos pretos tomam o imaginário popular daquilo que é de se evitar ou daquilo que é para se ter. Nada incomum para quem é “ser humano preto” também.

Pegando carona nesse número, na coluna de hoje deixo uma lista de 13 fatos. Simbora!

1 – Vão-se os anéis olímpicos e os dedos também
O novo prefeito da cidade do Rio Marcelo Crivella afirmou que “é proibido gastar”. Segundo o próprio, não há dinheiro e haverá cortes de despesas. A sequência do ano olímpico começou com essa medalha de ouro. Legado?

2 – O sistema carcerário vai explodir no país inteiro
A rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus (AM), deixou nítido para o país que é necessário rever todo o sistema carcerário urgentemente. Ociosidade e sucateamento da estrutura deixam o processo ainda mais complicado. Simone Menezes e Julianne Gouveia falaram muito bem sobre este assunto.

3 – No terceiro dia se fez a calamidade
Três municípios do estado do Rio decretaram calamidade financeira: Nova Iguaçu, São Gonçalo e Mesquita. Faltam pagamentos de servidores, luz para trabalhar nos prédios e remédios em unidades de saúde.

4 – Autocrítica é uma boa prática
Após caso de homofobia ocorrido com casal de lésbicas dentro do CCBB, foi realizado um ato no espaço. O CCBB se juntou à manifestação e, além de tomar providências, produziu balões com mensagens contra a LGBTfobia. Boa prática de autocrítica.

5 – Perseverança é tudo
O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) entrou com pedido para suspender sua cassação e voltar ao mandato da Câmara. “Logo eu…”

6 – Devo, não nego. Pago quando quiser:
No sexto dia de 2017, o Governo do Estado anunciou o pagamento da segunda parcela do salário dos servidores de novembro de 2016. Bem calmo.

7 –  Investigação leva ao entendimento
O corpo encontrado carbonizado dentro de um carro em Nova Iguaçu era mesmo do embaixador da Grécia no Brasil Kyriakos Amiridis. Um policial militar da UPP Fallet confessou a autoria do crime junto de seu primo. A mandante teria sido a esposa do embaixador, contrariando o imaginário comum de que o crime teria se tratado de latrocínio apenas por ter acontecido na Baixada Fluminense.

8 – Churrasco é um ato político
Em São Paulo, grupo de ativistas e usuários de crack realizaram um churrasco na Cracolândia da Luz, no centro da cidade. O intuito era proteger os moradores da área de ações truculentas por parte de policiais.

9 – Educação de nível superior é importante, mas…
O Conselho da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) enviou carta para o governador Pezão comunicando que “as atividades ficarão impossibilitadas nas diversas unidades acadêmico-formativas e administrativas” devido à falta de pagamento, desde novembro, dos salários, bolsas e verbas de custeio. Há anos, a Uerj sofre com a crise financeira. Muitos estudantes que já deveriam estar formados sofrem com as paralisações. A Uerj foi a primeira universidade do país a praticar um sistema de cotas para estudantes de escola pública.

10 – A culpa sempre será do social media terceirizado
O perfil no Twitter do Portal Brasil, que posta notícias em tempo real sobre o Governo Federal, publicou um link do Google Drive com todas as senhas das redes sociais do Planalto. A senha que mais se repetia era ”planaltotemer2016”. Algumas horas após o incidente, o Planalto informou que o funcionário responsável pelo vazamento era terceirizado e já foi afastado. Alguém buscando trampo de social media aí?

11- As pessoas estão explodindo cada vez mais
A Ponte Rio-Niterói ficou interditada por 30 min nos dois sentidos. O motivo: um homem escalou um pórtico e ficou sentado no alto, nos travessões. O incidente aconteceu por volta das 12h. Ou seja, “o mundo jaz e eu quero ouvir um jazz”, diria Don L.

12 – Liberdade que não canta
Acaba de completar um ano da segunda prisão forjada de Rafael Braga. Enquanto ia à padaria, Rafael foi abordado por policiais da UPP Vila Cruzeiro. Vale lembrar que Rafael havia saído em liberdade condicional com uso de tornozeleira no final de 2015, por conta da sua prisão em 2013, durante as manifestações de junho, quando foi pego por portar uma perigosíssima embalagem de desinfetante.

13 – Chove chuva até domingo
Sem praia no final de semana.